Portes Grátis em Todas as Encomendas!

Bem Vindo ao Novo Farmácia.pt

Próximos Para Cuidar

Quais são os testes disponíveis para a COVID-19?

Os testes de diagnóstico

Recentemente, os testes de diagnóstico deixaram de ser exclusivamente de uso profissional. A sua venda em farmácias foi validada pelo Infarmed para facilitar o seu acesso e ser possível executá-los como auto-teste. Perceberemos que a rapidez na obtenção dos resultados, tornam estes testes bastante interessantes. Após o resultado, é possível adotar medidas mais rápidas e efetivas no combate à propagação do vírus.

 

Tipos de teste

Existem 3 grandes tipos de testes: os testes moleculares, testes serológicos e os testes rápidos.

 

Testes Moleculares/ Testes PCR:

  • São baseados na técnica de amplificação de ácidos nucleicos (TAAN), identificando o RNA do vírus
  • Confirma a presença ou ausência do vírus SARS-CoV-2
  • Amostras de exsudado recolhidas através de zaragatoa (nariz e garganta)
  • Resultados em 24 horas
  • Método de referência
  • Apenas realizado em laboratórios

 

Testes rápidos/ testes de antigénio/ auto-testes:

  • Baseiam-se na pesquisa de antigénios do vírus (proteínas ao redor do vírus)
  • De fácil utilização
  • Resultados entre 10 a 30 minutos
  • Devem ser usados para despiste, quando os testes moleculares não estão disponíveis

 

Testes serológicos (não são de diagnóstico):

  • Pesquisam se existem anti-corpos (IgG, IgM, IgA) produzidos aquando a exposição ao SARS-CoV-2
  • Indicam se já tivemos contacto com o vírus
  • Amostras recolhidas podem ser plasma ou sangue total

 

Deveremos utilizar os testes rápidos?

Tal como abordado inicialmente, os testes rápidos são uma opção pensada para massificar o diagnóstico, por isso, é do interesse de todos a sua utilização. Torna-se mais fácil perceber se estamos infetados, sem criar uma sobrecarga de meios e profissionais de saúde.

Existem várias vantagens na utilização dos testes rápidos:

  • Resultados rápidos
  • Disponíveis para compra em farmácias e parafarmácias
  • Podem ser realizados em casa
  • Baixo custo
  • Fácil leitura (semelhante o teste de gravidez)

Existem algumas desvantagens relativas a este tipo de teste:

  • Sensibilidade inferior aos testes moleculares (pode dar negativo quando a pessoa tem a presença de vírus)
  • Não podem ser adquiridos por jovens com idade inferior a 18 anos

 

Quando devo comprar o teste e o que fazer depois do resultado?

Sempre que tenha tido um contacto de risco ou desenvolva sintomas, deve cumprir a recomendação, contactando a linha saúde 24. Pode sempre optar por fazer o teste rápido, até ser chamado para o teste molecular.

Caso seja um contacto de risco inferior e não desenvolva sintomas, pode ser interessante a compra do teste para despiste.

Após o resultado, eis o que é recomendado fazer:

Positivo: deve ligar para a linha Saúde 24, informando sobre o resultado obtido.

Negativo: manter todas as medidas preventivas (distanciamento social, higienização das mãos e uso de máscara).

 

Veja todos os artigos e testes COVID-19 disponíveis no nosso site farmacia.pt >> . E já sabe, depois de ler as contra-indicações e informações. Se tiver dúvidas, deve pedir conselho ao seu médico ou farmacêutico.

 

Nota Importante

O conteúdo informativo presente no "Blog da Farmácia" não substitui a consulta de um profissional de saúde. Uma vez que nos é impossível abordar os temas detalhadamente, sugerimos que se aconselhe com o seu médico ou farmacêutico para a sua situação em particular, e que possa esclarecer eventuais dúvidas.

 



  • Aconselhamento farmacêutico
    Profissionais dedicados para ajudar
  • Envios grátis* e rápidos
    Em todas as encomendas
  • Descontos diretos
    A partir de 40€ tem sempre desconto
  • Compra segura
    Qualidade e segurança máxima